República de estudantes ou apartamento compartilhado. Qual devo escolher?

colegas de quarto

Passado o resultado do vestibular, curso técnico ou mesmo a aprovação em um grande centro educacional do país, a dúvida é sempre mesma para estudantes que precisam deixar as suas cidades de origem e se deslocarem para os locais onde pretendem estudar: onde morar? Optar por uma república de estudantes ou preferir um apartamento compartilhado com mais um ou dois colegas?

Saiba que esta dúvida é muito mais comum do que você imagina, mas que pode ser solucionada a partir de muita reflexão, conversa com todas as partes envolvidas na situação, conselhos de amigos que já passam por situações parecidas, pesquisa em fóruns na internet e demais atividades que possam auxiliá-lo a resolver este dilema.

Para iniciar este debate, é necessário que o estudante trace um paralelo entre as duas possibilidades. Conheça as vantagens e as desvantagens de cada escolha e opte pelo que mais lhe agradar e, acima de tudo, pelo espaço que melhor couber em seu orçamento. No entanto, a escolha não passa apenas por dinheiro.

Outro fator fundamental que o estudante deve levar em conta é sua própria felicidade refletida na satisfação pessoal. De nada adianta o estudante optar pela república, por exemplo, escolha esta inegavelmente mais barata que a sua concorrente, se as suas características pessoais não forem ao encontro às características de uma república, que preza pela experiência compartilhada, mas que deixa a desejar, muitas vezes, em conforto e privacidade.

A conta não é tão simples quanto parece. Especialistas aconselham que o estudante, antes de se aventurar em outra cidade com a escolha já definida, converse com familiares, amigos, reflita, compare, pense no futuro e no que cada escolha pode refletir no final da faculdade, por exemplo. O estudante, neste momento, deve ser um visionário que saiba conduzir este processo delicado por meio de muita sabedoria e escolhas certas que poderão moldar o futuro por completo.

Repúblicas – Vantagens e desvantagens

A vida em república de estudantes é considerada uma grande aventura e uma experiência jamais presenciada pelo estudante. A interação entre os estudantes é um dos grandes pontos positivos da escolha e que pode desencadear inúmeras amizades duradouras. O estudante, envolto a um grande contingente de outras pessoas que passam pela mesma experiência, acaba criando uma grande rede de amigos, além de adquirir responsabilidades próprias, fator este inerente ao processo de moradia compartilhada. Outros fatores positivos são a divisão de gastos e a maior segurança.

No entanto, a aventura pode se tornar um pesadelo. Quem preza por organização, tranquilidade, silêncio deve fugir desta escolha. Por mais que seja uma experiência saudável, é necessário saber lidar com diferentes mundos vivendo ao seu redor e isso nem sempre é tarefa fácil.

Apartamento compartilhado – Prós e contras

O primeiro passo para quem opta por esta situação é encontrar um colega que se enquadre no mesmo cenário que o seu e que tenha pontos de personalidade parecidos com os seus. Estudar o orçamento de ambas as partes e encontrar o apartamento ideal estão na sequência.

As vantagens nesta situação são inúmeras, sendo os conceitos de tranquilidade, sossego e privacidades os que mais fazem a diferença na escolha.

O custo alto de uma vida neste ritmo é o principal ponto negativo na opção pelo apartamento. Os gastos com aluguel, condomínio, luz, água, telefone e comida são pesados e refletem no fim do mês no orçamento dos dois colegas.

 

  • Está procurando uma moradia ou novos roommates? Nós te ajudamos! 🙂

    Encontre quartos, apartamentos para alugar e pessoas para dividir o aluguel. Cadastre-se já no WebQuarto. Totalmente grátis!

O que avaliar na hora de escolher um apartamento para dividir

Com a entrada na universidade, a mudança para uma nova cidade ou até mesmo para outro país, dividir o apartamento se torna uma solução para diminuir os gastos que morar sozinho traz. Morar com amigos pode até parecer fácil, mas é preciso cuidado ao escolher o apartamento ideal.

Escolher um lugar para morar é uma decisão difícil. Porém, quando tomada em conjunto, é necessário atentar a diversos pontos para que a convivência não seja um problema

Contenção de gastos

Dividir o apartamento é, além de uma alternativa para ter uma companhia, principalmente uma saída para a diminuição de despesas. Então, um apartamento bem localizado ajuda muito nesse quesito. Se a opção de morar com amigos é por conta de uma mudança de cidade por causa da entrada na universidade ou por uma oportunidade de trabalho, a escolha por um apartamento localizado o mais perto possível do local de estudo ou trabalho é fundamental.

Um apartamento bem localizado ajuda no corte ou diminuição de gastos com transportes. Seja seu transporte público ou particular, a proximidade do local de estudos ou de trabalho facilita a locomoção, criando até mesmo opções mais baratas como ir a pé ou de bicicleta.

Porém, nem sempre você e seu companheiro de apartamento estudarão ou trabalharão na mesma região. Neste caso, um apartamento localizado numa região central se torna a alternativa mais adequada.

O tamanho do apartamento

A escolha de onde morar também deve ser baseada no número de moradores. Economizar é sempre bom, mas escolher dividir, além do apartamento, também um quarto, fará com que você e seu amigo tenham que abrir mão de um pouco de privacidade.

Opções de apartamentos com apenas um quarto, uma sala, banheiro e cozinha costumam ser as preferidas dos estudantes quando moram sozinhos, já que o gasto com aluguel se torna bem menor. No caso de dividir com alguém um apartamento de pequeno porte, opções como beliches ajudam a otimizar o espaço. A mesma alternativa serve para apartamentos maiores, mas com mais moradores.

Organização

Como em toda casa, organização também será fundamental para dividir o apartamento com alguém. Uma boa alternativa para as tarefas da casa, como lavar e enxugar a louça, varrer o chão e limpar o banheiro é a criação de uma tabela com os deveres de cada um. Neste caso, é necessária a total colaboração para que o apartamento permaneça em ordem e não existam conflitos entre os moradores. A divisão de tarefas deve ser justa e equilibrada, para que um não trabalhe mais que o outro.

A organização quanto aos gastos vindos do apartamento também deve ser feita logo de início entre os moradores. Além do aluguel, gastos como alimentação, produtos de limpeza, higiene, água, luz, gás e, também, a taxa de condomínio devem ser sempre levados em conta na hora de escolher dividir o apartamento com alguém.

Por fim, para dividir o apartamento com alguém, a amizade e o companheirismo serão fundamentais. Afinal, você irá conviver por um bom tempo com seu companheiro de apartamento. Então, na hora de escolher um novo apartamento para morar, escolher com quem você vai dividir seu novo lar é, com certeza, a escolha mais importante.

  • Está procurando uma moradia ou novos roommates? Nós te ajudamos! 🙂

    Encontre quartos, apartamentos para alugar e pessoas para dividir o aluguel. Cadastre-se já no WebQuarto. Totalmente grátis!